(11)

(11)

Pisos

Gostou? compartilhe!

Pisos nada mais são do que as superfícies de uma construção civil – seja ela de cunho residencial, comercial ou industrial. O principal diferencial que separa um modelo de piso dos demais é representado pelo acabamento. Nestes casos, plataformas compostas por azulejos, por exemplo, possuem formações e propriedades distintas em comparação às constituídas por concreto bombeado e/ou usinado. O mesmo se aplica aos diferentes tipos de rejuntes passíveis de serem aplicados nessas superfícies.

Outro fator capaz de distinguir um piso e outro é exemplificado pelo ambiente em que ele será instalado. Isto é, um piso para estacionamento deve ser completamente distinto de um piso para indústria, que, neste caso, pode ter configurações únicas e diretamente voltadas para a capacidade produtiva do ambiente – bem como as matérias-primas trabalhadas nele. Também em função dessa distinção generalizada, é comum que o piso tenha, no campo prático, diferentes nomenclaturas e aplicações. Conheça alguns exemplos:

  • Piso para estacionamento;
  • Piso para exterior;
  • Piso para estacionamento externo;
  • Piso para entrada de garagem;
  • Piso para garagem antiderrapante;
  • Piso para galpão;
  • Piso para galpão industrial;
  • Piso para garagem com rampa;
  • Piso para indústria.

Você sabe como funciona o sistema de concretagem para piso?

No decorrer das instalações de um piso em uma construção civil, poucas práticas são mais importantes do que a concretagem dessas superfícies. No campo prático, essa concretagem nada mais é do que um serviço realizado por betoneiras e bombas capazes de lançar o concreto e fazer com que ele seja submetido a um processo de sarrafeamento. Dessa forma, o nivelamento a ser instaurado na plataforma tende a ser completo. No final do procedimento, terraplanagens e polimentos em geral também podem ser incorporados à superfície. Entre em contato com a Bomba Serv e compreenda mais detalhes sobre todas essas atividades.